ISSN 0255-8122 versão impressa
ISSN 1688-1273 versão online

INSTRUÇÕES PARA OS AUTORES

 

 

 

 



 

 

 

 

 

 

 

 

Submissões

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

·         O manuscrito é original e inédito (ou uma explicação foi fornecida nos Comentários ao editor). Não se aplicará simultaneamente a outras publicações.

·         O texto segue os requisitos estilísticos e bibliográficos descritos nas Diretrizes para Autores.

·         Os autores declaram (e anexam comprovação) que o trabalho teve a aprovação do Comitê de Ética da instituição correspondente, caso o exija durante a pesquisa com seres humanos.

·         Os autores declaram que utilizaram o consentimento informado para a pesquisa e/ou publicação de imagens, sempre que necessário.

·         Os autores declaram que têm a disponibilidade dos dados da pesquisa e entendem que podem ser solicitados pelas autoridades da revista para divulgação pública.

·         As tabelas e figuras são apresentadas no formato original (.xls, .doc ou .docx ou outro software de uso geral), inseridas no local correspondente no texto. Aquelas imagens que só podem ser apresentadas em formato de imagem devem ter alta resolução.

·         Os autores leram, completaram e enviaram juntamente com o manuscrito o Termo de Responsabilidade de Autoria.

·         Para as seções arbitradas, os autores prepararam uma versão anônima do trabalho, seguindo as instruções em Diretrizes para autores.

Instruções para Autores

A revista Enfermería: Cuidados Humanizados recebe manuscritos ao longo do ano. Todas as candidaturas devem ser feitas através da plataforma OJS.

A revista só aceita artigos originais que não tenham sido publicados em outro lugar ou estejam em processo de avaliação em outra revista. Além disso, o trabalho não será publicado em outro lugar da mesma forma, mesmo eletronicamente, sem o consentimento por escrito do Editor-Chefe da revista.

O manuscrito deve aderir ao sistema Vancouver para redação, citações e referência bibliográfica (ver resumo).

Juntamente com a submissão do manuscrito, deve ser enviado o documento "Declaração de Responsabilidade de Autoria", assinado por todos os autores.

Para verificar a originalidade, todas as submissões serão verificadas pelos serviços de detecção de plágio Crossref e Unicheck.

Uma vez aceita a versão final do manuscrito, os autores devem fornecer uma versão traduzida para o inglês, que deve ser realizada por um tradutor especialista que garanta a qualidade da tradução.

Estrutura do manuscrito

I. Diretrizes Gerais

Todos os artigos, independentemente da seção a que se aplicam, devem considerar os seguintes pontos:

  1. Título. Breve e informativo, claro e preciso, deve conter as variáveis ​​da pesquisa. O título deve ser em espanhol, português e inglês.
  2. Nomes de autores e afiliações. O nome e sobrenome de cada autor —respeitando a ordem do primeiro autor e coautores— devem ser claramente indicados, juntamente com o seu número ORCID. Além disso, a afiliação institucional de cada autor, seu endereço de e-mail e o país. A lista de autores deve incluir todos aqueles que podem legitimamente reivindicar autoria (ver Declaração de Responsabilidade de Autoria).
  3. Resumo. É um resumo estruturado, que deve incluir as seções sobre objetivo, metodologia, resultados (3-4 mais importantes) e conclusões (1-2 mais importantes). Apresenta-se em parágrafo único com um máximo de 250 palavras. Deve ser apresentado nos três idiomas: espanhol, português e inglês.
  4. Palavras-chave. Imediatamente após o resumo, são fornecidas no mínimo 3 e no máximo 5 palavras-chave. Essas palavras-chave serão usadas para fins de indexação. Devem ser utilizados termos do tesauro MeSH (Medical Subject Headings), bem como consultar uma edição em espanhol do MeSH elaborado pela Bireme Descriptores de Ciencias de la Salud (DeSC). As palavras-chave devem estar nos três idiomas: espanhol, inglês e português.
  5. Tabelas e gráficos. Tabelas e gráficos são enviados como texto editável, exceto alguns gráficos que só podem ser enviados como imagens. Integrar tabelas e gráficos no corpo do texto e não no final. As tabelas são listadas na ordem em que são apresentadas, assim como os gráficos.
  6. Referências bibliográficas. Refere-se às fontes utilizadas para realizar o trabalho de pesquisa. Não menos de 15 referências são sugeridas. Recomenda-se que as referências bibliográficas incluídas não tenham mais de 10 anos e que pelo menos metade tenha menos de 5 anos, incluindo referências de revistas de prestígio. Todas as citações no texto devem constar na lista de referências bibliográficas. Estas e a lista final devem ser submetidas de acordo com as Normas de Vancouver (ver resumo). No manuscrito, as citações entre parênteses devem estar em formato sobrescrito.

II. Estrutura para artigos quantitativos

A estrutura dos artigos quantitativos pode variar conforme o caso, mas deve conter no mínimo:

  1. Introdução. Deve incluir: i) problema específico de estudo, abordagem e justificação; ii) revisão das informações básicas que sustentam o trabalho de pesquisa, com citações que reconheçam estudos anteriores especificamente relacionados ao tema abordado; iii) declaração objetiva ou formal do fim perseguido. O objetivo deve indicar inequivocamente o que é que o pesquisador pretende observar e medir, escrito na afirmativa.
  2. Metodologia. Desenho do estudo, local e época em que foi realizado, população estudada e características relevantes para a interpretação dos resultados. Universo, seleção e tipo de amostra, instrumentos, materiais e estratégia de coleta de informações, procedimentos. As variáveis ​​que foram analisadas devem ser descritas. Se for um estudo experimental, descreva a intervenção realizada e o tempo de seguimento. Se instrumentos de medição foram usados, o nome do fabricante deve ser especificado. Descreva os sujeitos ou participantes, incluindo critérios de elegibilidade e exclusão, bem como uma descrição da população de origem. Descrever as observações, os métodos estatísticos utilizados e o nível de significância estatística previamente estabelecido para atribuir aos resultados. Indique o tipo de análise e o software utilizado. Fica explícito quem, como, quando e onde a informação foi compilada. Da mesma forma, serão relatadas as dificuldades encontradas; será informado se houve colaborações. Indique (se aplicável) a obtenção do consentimento informado dos participantes. Você deve apresentar uma declaração de aprovação do projeto, ou se estiver isento da necessidade de revisão por um Comitê de Ética (como no caso da seção de Originais breves).
  3. Resultados. Devem ser apresentados em ordem lógica e ter análise estatística satisfatória (se aplicável). Devem ser incluídos apenas os resultados mais importantes, de acordo com os objetivos e a análise estatística proposta na seção Método. Os resultados devem responder aos objetivos definidos e devem esclarecer se certificam ou não as hipóteses de trabalho. Serão incluídas tabelas ou gráficos numerados e titulados, expressando de forma concisa e clara o seu conteúdo. Tabelas ou figuras devem complementar as informações do texto, não duplicá-las.
  4. Discussão. Com base nos resultados e com os antecedentes e conceitos estabelecidos, dialogar, interpretando e comparando os fenômenos e dados encontrados à luz do que foi proposto em outros estudos (background).
  5. Conclusões, sugestões e recomendações. Com base nos objetivos, as conclusões avaliam o seu alcance e o grau de cumprimento ao longo do processo. Acrescente os novos aspectos que o estudo possui, elaborando projeções ou novas hipóteses caso considere importante. Estabeleça algum grau de generalização e recomendações que considere pertinentes. Também serão indicadas as possíveis limitações do estudo que possam condicionar a interpretação dos resultados.

III. Estrutura para artigos qualitativos

  1. Metodologia. Indique todas as informações necessárias para que os leitores saibam como o estudo foi realizado. Assim, a abordagem teórica de partida deve ser explicada, o tipo de desenho utilizado deve ser descrito e justificado. Deve ser explicado o procedimento de seleção dos participantes, relatando a saturação na amostragem, o possível contraste dos resultados com os participantes/informantes, a busca de casos negativos, os mecanismos para garantir a saturação das informações, etc. As técnicas de coleta de dados utilizadas devem ser descritas.
  2. Resultados e discussão. Estes devem basear-se no rigor dos dados empíricos recolhidos. O texto deve ser diferenciado onde são indicados os resultados obtidos dos participantes e a opinião dos autores, que deve ser baseada nas informações dos participantes. Os dados mais relevantes devem ser selecionados e identificados com as iniciais dos grupos ou participantes, por exemplo G1, G2, ACM, etc.
  3. Conclusões. Estes devem especificar a resposta à questão de pesquisa colocada, indicando a contribuição que se dá para a compreensão do fenômeno estudado e a relevância para os profissionais de saúde e participantes.

Declaração de Responsabilidade de Autoria

Juntamente com a submissão do manuscrito, os autores devem preencher e anexar um documento intitulado "Declaração de Responsabilidade de Autoria". Este documento inclui, entre outros, os seguintes elementos:

Autoria do artigo. A autoria é entendida apenas para pessoas que fizeram uma contribuição significativa para o produto final (ver Contribuição dos autores).

Responsabilidade de autoria. Os autores devem selecionar cuidadosamente a ordem de aparecimento de seus nomes nos trabalhos submetidos. O primeiro autor será considerado o autor principal e, salvo indicação em contrário, será responsável pela correspondência com a revista. Após a submissão do artigo, as alterações só podem ser feitas na lista, tanto na ordem como na adição ou exclusão de autores, com uma carta ao Conselho Editorial explicando as razões para as alterações. No caso de adição ou exclusão de um autor, a confirmação do autor afetado também deve ser incluída. O editor levará em consideração a adição, exclusão ou reorganização de autores em um manuscrito já aceito, somente se houver circunstâncias excepcionais. A publicação do artigo será pausada enquanto o editor avalia a solicitação de alteração. Caso o manuscrito já estivesse publicado em versão online, qualquer solicitação de alteração aprovada pelo Editor daria origem a uma prova de erros (corrigendum).

Contribuições dos autores. Por razões de transparência, os diferentes papéis de contribuição estão ordenados nas seguintes categorias: a) Concepção e desenho do trabalho; b) Aquisição de dados; c) Análise e interpretação dos dados; d) Redação do manuscrito; e e) Revisão crítica do manuscrito.

Declaração de conflito de interesse. Todos os autores devem relatar quaisquer vínculos financeiros e pessoais com terceiros ou organizações que possam condicionar ou enviesar o trabalho. Se houver algum link de qualquer tipo, ele deve ser declarado. Deve ser esclarecido qual foi a fonte de financiamento, em que momento da criação da obra foi solicitado e como isso impactou a obra. Esta declaração irá com o artigo se for publicado.

Como preparar o arquivo anônimo para revisão

Para garantir uma revisão duplamente cega, os autores devem preparar um arquivo que não contenha nenhuma informação que possa revelar sua identidade a possíveis revisores.

Os autores devem levar em consideração os seguintes aspectos:

O arquivo deve ser classificado como "versão anônima" ao ser carregado na plataforma e não deve conter informações dos autores em seu nome.

O arquivo anônimo não conterá os nomes dos autores ou de suas afiliações institucionais, nem agradecimentos ou informação de financiamento que revele a instituição à qual pertencem.

Nas passagens em que são mencionadas instituições ou coordenadas geográficas específicas –que permitem identificar os autores da obra–, o texto será substituído por cruzes (XXX) ou, se necessário para compreensão, por uma descrição do elemento excluído, entre colchetes.

Exemplos: "O estudo foi realizado entre os estudantes do XXX", "O estudo foi realizado entre os estudantes do [centro de estudos]".

Citações de trabalhos anteriores de qualquer dos autores do manuscrito devem ser substituídas pela palavra "Autor". Na lista de referências, serão colocadas no início as entradas identificadas apenas com a palavra "Autor" e o ano entre parênteses.

Exemplo no texto: "Como já estudado (Autor, 2019)".

Exemplo na lista de referências: Autor. (2019).

Os autores devem verificar no processador de texto para que no arquivo não fiquem metadados que identifiquem a algum usuário com nome ou sobrenome. No Word para Windows, pode-se verificar e excluir essas informações no menu "Informações> Inspecionar documento". No Word para MacOs, isso pode ser feito em "Proteger documento> Excluir informações pessoais ao salvar".

Editorial

Esta seção inclui comentários e reflexões sobre um novo tema relacionado ao cuidado ou às ciências da saúde em geral. Os editoriais geralmente são escritos por ordem da equipe editorial da revista, embora a revista esteja aberta a propostas sobre temas e autores que possam desenvolvê-los.

Artigos originais

Nesta seção são publicados trabalhos de pesquisa realizados com metodologias qualitativas, quantitativas ou ambas, revisões sistemáticas e revisões integrativas que tratem de qualquer aspecto relacionado ao cuidado e outras questões de saúde. O manuscrito não deve exceder 7.500 palavras (excluindo bibliografia e figuras ou tabelas). São permitidas até 30 referências bibliográficas e até 6 tabelas ou figuras. Até 6 autores são permitidos neste tipo de artigo. Seção revisada por pares em um sistema duplo-cego.

Breves originais

Nesta seção são publicados relatos de casos e/ou séries de casos, com extensão de 3.000 palavras (excluindo tabelas, figuras e referências). Deve ser estruturado em: título, resumo, palavras-chave, introdução, descrição do caso, discussão, conclusão e recomendações, e referências bibliográficas. Seção revisada por pares em sistema duplo-cego.

Declaração de Direitos de Autor

Em caso de ser aceito o manuscrito, os autores concordam em ceder os direitos de autor à revista Ciencias Psicológicas segundo a Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0), sistema de acesso aberto, que permite que terceiros compartilhem a obra desde que seja indicado seu autor e sua primeira publicação nesta revista.

Os autores podem adotar outros acordos de licença não exclusiva para a distribuição da versão do trabalho publicado (ex: depositá-lo em arquivo telemático institucional ou publicá-lo em volume monográfico), desde que seja indicada a publicação inicial nesta revista. Autores são autorizados e recomendados a divulgar seu trabalho através da Internet (por exemplo, em arquivos telemáticos institucionais ou em seu site) após a publicação, o que pode levar a trocas interessantes e aumentar as citações do trabalho publicado.

Os autores são os únicos responsáveis ​​pelos conteúdos e opiniões expressas no manuscrito, que não comprometem a opinião e a política científica da revista.

Se são reproduzidas tabelas ou figuras tomadas de outras publicações, se proporcionará a autorização escrita de seus autores ou dos donos do direito de publicação, segundo corresponda.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.
 

 


[Home] [Sobre nós] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento 4.0 Internacional

© 2016 Universidad Católica del Uruguay. Facultad de Enfermería y Tecnologías de la Salud
Av. 8 de Octubre 2738
Montevideo - Uruguay. CP 11600.
Teléfono: (598) 2487 27 17 int. 6567