SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.5 issue1Risk factors in non-HIV population with tuberculosis in Uruguay.Ocular syphilis as a manifestation of neurolues: about a clinical case. author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Related links

Share


Revista Uruguaya de Medicina Interna

Print version ISSN 2393-6797On-line version ISSN 2393-6797

Abstract

GAUDIANO, Javier et al. Pesquisa etiológica da ACV em salas médicas do Hospital Pasteur, Montevideo - Uruguai. Julho - setembro 2019. Rev. Urug. Med. Int. [online]. 2020, vol.5, n.1, pp.19-27.  Epub Mar 01, 2020. ISSN 2393-6797.  http://dx.doi.org/10.26445/05.01.2.

Introdução:

O ataque cerebrovascular (AVC) é uma lesão do parênquima cerebral por comprometimento vascular, podendo ser hemorrágico ou isquêmico. Apresenta alta morbimortalidade, sendo a segunda principal causa de morte no mundo, a terceira em nosso país, o que também gera altos custos de saúde. Conhecer as etiologias mais frequentes dessa patologia, sua associação com fatores de risco e o tratamento realizado, poderia contribuir para o correto desenvolvimento de estratégias de prevenção primária e secundária.

Objetivos:

Conhecer a etiologia / s do AVC em pacientes internados nas salas de medicina interna do Hospital Pasteur, suas características epidemiológicas; a associação entre fatores de risco, solicitou tratamento paraclínico e sugerido no momento da alta.

Metodologia:

Estudo descritivo, transversal, observacional. Entre 15 de julho e 30 de setembro de 2019, foram incluídos pacientes com idade superior a 18 anos com diagnóstico de AVC admitidos nas salas médicas do Hospital Pasteur. Os dados foram coletados dos prontuários por meio de formulário pré-codificado, que analisou variáveis ​​categóricas como fatores de risco, apresentação clínica, solicitação paraclínica e tratamento.

Resultados e discussão:

foram incluídos 30 pacientes, 18 do sexo feminino. A idade média foi de 70,48 anos. A natureza isquêmica predominou em 90%. Os principais fatores de risco foram pressão alta, dislipidemia, diabetes mellitus e tabagismo. A síndrome piramidal foi a apresentação clínica mais frequente. A etiologia mais prevalente foi de causa indeterminada, seguida de aterosclerótica e cardioembólica. Em alguns pacientes, o algoritmo diagnóstico completo não foi realizado. O tratamento foi adequado de acordo com as causas.

Conclusões:

A etiologia mais frequente foi de causa indeterminada, seguida de aterotrombótica. Os fatores de risco mais prevalentes foram hipertensão, dislipidemia, DM e tabagismo. A maioria dos pacientes apresentou mais de três fatores de risco associados, concluindo que a soma dos fatores de risco aumenta a incidência de acidente vascular cerebral.

Keywords : ataque cerebral vascular; etiologia; tratamento.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )