SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número3Síndrome de Li Fraumeni: análisis clínico de un caso y revisión de la literaturaParaparesia espástica por HTLV-I: 20 años después. A propósito de un caso índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Links relacionados

Compartir


Revista Uruguaya de Medicina Interna

versión impresa ISSN 2393-6797versión On-line ISSN 2393-6797

Resumen

ROCHA, Valeria; GOMEZ, José  y  RIVERO, Rodrigo. Meningite após raquianestesia: relato de caso. Rev. Urug. Med. Int. [online]. 2018, vol.3, n.3, pp.27-32. ISSN 2393-6797.  http://dx.doi.org/10.26445/03.01.4.

Introdução:

A meningite associada aos cuidados de saúde é aquela que aparece em pacientes que foram submetidos a procedimentos invasivos envolvendo punção das meninges ou pacientes portadores de dispositivos intratecais. A ocorrência do mesmo depois de procedimentos de anestesia espinal é rara com uma prevalência variando entre 0-2 10000 casos, embora um underreported e pouco diagnosticada.

Materiais e métodos:

Uma análise retrospectiva do caso de uma paciente atendida no Instituto de Neurologia do Hospital de Clínicas de Montevidéu, Uruguai. Foi realizada uma pesquisa bibliográfica através do PubMed, utilizando os seguintes termos de malha "meningite", "cuidados de saúde associados", "anestesia espinhal" "post meningite punção". Além disso, foram analisados guias atualizados sobre meningite associada à assistência à saúde.

Caso clínico:

o caso de um doente de 24 anos que 24 horas de um método de anestesia espinal para cirurgia hérnia inguinal começa com dor de cabeça, vómitos e febre adicionando nas 72 horas seguintes torcicolo, nervo oculomotor envolvimento é apresentado bilateral, com comprometimento pupilar e abducente direito, realizando diagnóstico de meningite associada à assistência à saúde, o que é confirmado pelo estudo do LCR. O tratamento com antibioticoterapia é realizado com boa evolução, apesar do não isolamento dos germes.

Conclusões:

A meningite associada aos cuidados de saúde é uma emergência infecciosa cujo reconhecimento e tratamento precoce estão diretamente relacionados ao prognóstico. Seu diagnóstico etiológico nem sempre é obtido com técnicas convencionais, como evidenciado neste caso. Para sua prevenção, destaca-se a necessidade de manter condições estritas de assepsia e uso correto de máscaras faciais em procedimentos invasivos para reduzir o risco de complicações infecciosas.

Palabras clave : meningite; meningite associada à assistência à saúde; raquianestesia.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )