SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Mental health and care network for families suffering from drug use problems in the city of Natal, Rio Grande do NorteTranslation and Content Validation of the Generative Altruism Scale - Brazilian Version author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Related links

Share


Psicología, Conocimiento y Sociedad

On-line version ISSN 1688-7026

Abstract

XIMENES, Verônica Morais; ESMERALDO FILHO, Carlos Eduardo; XAVIER, Natacha Farias  and  MONTEIRO, Natália Bizerra Pimentel. Relações entre pobreza e bem estar em comunidades rurais do Brasil. Psicol. Conoc. Soc. [online]. 2020, vol.10, n.1, pp.98-121.  Epub June 01, 2020. ISSN 1688-7026.  http://dx.doi.org/10.26864/pcs.v10.n1.5.

A pobreza é um fenômeno complexo e multidimensional. As relações da pobreza com o bem estar, no geral, estão presentes na incompatibilidade entre esses dois aspectos. Objetiva-se analisar os impactos da pobreza e suas repercussões no bem estar da população das comunidades rurais do Brasil. A metodologia quantitativa com a aplicação de um questionário com Índice de Pobreza Multidimensional (IPM) e a Escala de Bem Estar Pessoal (Personal Wellbeing Index - PWI) nas comunidades Pentecoste (Ceará), Cascavel (Paraná) e Humaitá (Amazonas). Participaram 1.156 indivíduos, tendo 1.113 questionários válidos com 328 (29,7%) questionários respondidos por homens e 777 (70,3%) por mulheres. Ao comparar a média do IPM por município, Pentecoste foi o município com maior pobreza multidimensional (IPM=0,32, DP=0,11), seguido de Humaitá (IPM=0,31, DP=0,11) e Cascavel, município que apresentou menor pobreza multidimensional (IPM=0,28, DP=0,11). Pentecoste apresentou a média de bem estar mais alta (M= 7,78), seguida de Cascavel (M= 7,42) e de Humaitá (M= 7,13). As relações entre pobreza multidimensional e o bem estar apresentaram as contradições entre maior quantidade de renda e maior bem estar, tendo em vista que o nível de bem estar dos pesquisados foi alto, mesmo vivendo em contextos de pobreza. Então surge a proposta de discutir o bem estar a partir da perspectiva do buen vivir que exige um processo amplo de reflexões e discussões que aponta para necessidade de incorporar valores coletivistas e a ética da suficiência para toda a comunidade, quando se analisa principalmente os contextos rurais.

Keywords : Pobreza; bem estar; comunidade rural.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )