SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número1Engagement en el trabajo: un estudio de los cambios diarios¿Qué pacientes rechazan los psicoterapeutas? Una exploración sobre los casos -temas y estilos de personalidad- que perturban a los psicólogos y psiquiatras en el trabajo clínico índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Links relacionados

Compartir


Ciencias Psicológicas

versión impresa ISSN 1688-4094versión On-line ISSN 1688-4221

Resumen

TAVARES CARDOSO, Andre; FALCKE, Denise  y  PEREIRA MOSMANN, Clarisse. Sexting na adolescência: percepções dos pais. Cienc. Psicol. [online]. 2019, vol.13, n.1, pp.19-31. ISSN 1688-4094.  http://dx.doi.org/10.22235/cp.v13i1.1806.

Sexting é o comportamento de produzir e enviar ou receber conteúdo sexual. As pesquisas se concentram em estudar o sexting entre adolescentes, deixando de fora aspectos familiares. No Brasil, esses estudos ainda são escassos. Portanto, o objetivo desta pesquisa qualitativa e descritiva foi conhecer a percepção de pais de adolescentes sobre o sexting. Foram realizados dois grupos focais com pais em uma escola pública. Após a análise de conteúdo, os resultados revelaram que os participantes estavam cientes do sexting, mas não sabiam como lidar com o envolvimento dos filhos. A maior preocupação era com a exposição, e não com o envolvimento em sexting. A importância da comunicação familiar é destacada. Propõe-se que intervenções sejam desenhadas para melhorar a comunicação entre os subsistemas familiares e pesquisas com adolescentes para investigar como eles entendem e lidam com o fenômeno

Palabras clave : sexting; adolescência; família; psicologia sistêmica.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español | Portugués | Inglés     · Español ( pdf ) | Inglés ( pdf ) | Portugués ( pdf )