SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.91 suppl.2GeneXpert for the diagnosis of pulmonary and extrapulmonary tuberculosis in pediatric patients author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Related links

Share


Archivos de Pediatría del Uruguay

Print version ISSN 0004-0584On-line version ISSN 1688-1249

Abstract

NUNEZ, Florencia et al. Descrição do bullying entre crianças de 9 a 11 anos de idade assistidas num provedor de saúde público e no outro provedor privado em Montevidéu. Arch. Pediatr. Urug. [online]. 2020, vol.91, suppl.2, pp.4-11.  Epub Dec 01, 2020. ISSN 0004-0584.  http://dx.doi.org/10.31134/ap.91.s2.1.

Introdução:

o bullying é o abuso contínuo e deliberado de uma criança ou adolescente por parte de uma outra. É um problema global, difícil de identificar na prática pediátrica.

Objetivo:

descrever o índice global de bullying e suas características em crianças e adolescentes de 9 a 11 anos de idade hospitalizados ou assistidos em policlínicas em Montevidéu.

Materiais e métodos:

estudo transversal. Foram incluídos usuários entre 9 e 11 anos de idade, procedentes de Montevidéu, hospitalizados ou assistidos numa policlínica de prestador público de saúde e numa privada, entre julho e setembro de 2017. Variáveis: sexo, idade, profissional de saúde, desempenho escolar, escola, uso drogas psicoativas, índice de massa corporal. O índice global de assédio e a sua intensidade foram avaliados através do “Autotest Cisneros”. Os resultados foram aprovados pelos comitês de ética de ambas as instituições de saúde.

Resultados:

incluíram-se 83 meninos: 52% meninas; 34% 9 anos, 38% 10 anos, 28% 11 anos; prestador de serviços de saúde privado 54%; educação pública 88%; bom desempenho escolar 59%; sobrepeso 18%, obesidade 16%; 16% usam drogas psicoativas. A taxa de assédio global foi baixa de 51%, alta de 38%. Foi encontrada associação entre alto risco de bullying com o tipo de escola, uso de drogas psicotrópicas e admissão por razões psicossociais. Intensidade de assédio alta em 73%. Modalidades mais frequentes: “Exclusão social” e “Assédio verbal”

Conclusões:

encontrou-se um alto risco de bullying cuja intensidade e modalidade são um problema preocupante.

Keywords : Bullying; Violência.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )