SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.89 número5Urticaria y anafilaxia en un Departamento de Emergencia Pediátrica de referencia en Uruguay: estudio clínico y epidemiológicoExposición no intencional a cannabis en niños en el marco de la regulación del mercado en Uruguay. Reporte de casos asistidos en el Departamento de Emergencia del Centro Hospitalario Pereira Rossell entre marzo y junio de 2017 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Links relacionados

Compartir


Archivos de Pediatría del Uruguay

versión impresa ISSN 0004-0584versión On-line ISSN 1688-1249

Resumen

NOTEJANE, Martín et al. Evasão escolar nos adolescentes usuários dos centros de saúde Jardines del Hipódromo, Badano Repetto e Salvador Allende. Arch. Pediatr. Urug. [online]. 2018, vol.89, n.5, pp.320-328. ISSN 0004-0584.  http://dx.doi.org/10.31134/ap.89.5.4.

Introdução:

a evasão escolar de adolescentes do ensino médio é um problema socioeconômico e cultural. Existem poucos estudos nacionais que descrevam este tópico.

Objetivo:

conhecer os fatores relacionados com a evasão escolar em adolescentes de 12 a 19 anos usuários das policlínicas dos centros de saúde Jardines del Hipódromo, Badano Repetto e Centro Cívico Salvador Allende, entre 20 de agosto e 20 de setembro de 2017.

Metodologia:

estudo descritivo observacional feito através duma pesquisa anônima. Todos os adolescentes com idades entre 12 e 19 anos que frequentaram esses centros e abandonaram o sistema educacional foram incluídos. Variáveis: idade, sexo, último ano no sistema escolar, número de anos repetidos, motivos para a evasão, características do núcleo familiar, família e estímulo entre pares.

Resultados:

79% (64/81) dos adolescentes responderam. A média de idade foi de 17,2 anos (variação de 12 a 19 anos), sexo feminino 60,9% (39/64). 60,9% não completaram o ciclo básico. Os principais motivos de abandono escolar relatados foram a falta de interesse pessoal 43,8% (28/64), reprovação 42,2% (27/64) e falta de interesse nas disciplinas do ensino médio 32,80% (21/64). Eles relataram reprovar pelo menos um ano 14/27, 2 vezes 8/27. Razões de repetência relatadas: ausência 15/27, seguida de falta de interesse 6/27. 82,8% consideraram o estudo importante para seu futuro. 93,7% relataram ter de apoio familiar e 64,5% de seus pares.

Conclusão:

a maioria dos adolescentes pesquisados não completaram o ensino médio básico, e as principais causas de evasão escolar foram a falta de interesse pessoal e a repetência. O abandono de estudantes adolescentes é um problema multifatorial que requer uma abordagem interdisciplinar e interinstitucional.

Palabras clave : Adolescente; Abandono escolar; Ensino primário e secundário.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )