SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.72 número2Neumonía en la infancia: Comparación de la asistencia domiciliaria y hospitalariaConducta de los pediatras frente a la fiebre índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Archivos de Pediatría del Uruguay

versión On-line ISSN 1688-1249

Resumen

RAMIREZ, YELENNA; PASTORINI, JORGE; RUSSI, JOSé CARLOS  y  FERRARI, ANA MARíA. Enfermedad diarreica aguda: Características de la población asistida en el CASMU. Abril 1997 - Abril 1998. Arch. Pediatr. Urug. [online]. 2001, vol.72, n.2, pp.110-115. ISSN 1688-1249.

Objetivo: Descrever as caraterísticas clínicas e da origem da enfermidade diarreica aguda nas crianças que consultaram no Centro de Assistência do Sindicato Médico do Uruguai e avaliar o cumprimento das regras de atenção da instituição. Metodología:  Entre 1/IV/97 e 31/III/98, estudaram-se 177 crianças com menos de 5 anos de um total de 184 que consultaram por enfermidade diarreica aguda no Serviço de Urgência Pediátrica. Investigou-se rotavirus e adenovirus em matérias fecais, Shigella e Salmonella em aqueles que apresentaram sangue e/o mucopus. Resultados: A maioria das crianças (n=115) consultaram em outono. A metade do sexo masculino. Predominaram as crianças de 1 a 2 anos de idade (n=93). Somente 3 tinham problemas nutricionais. Apresentaram materia fecal com muco e /o sangue 24 crianças, vômito 87, febre 63 e desidratação somente 5. Associou-se otitis média em 5 crianças, e infecção respiratória aguda alta em 25 e infecção respiratória aguda baixa em 2. Foi necessária a internação em 14 crianças; 4 apresentaram intolerância à lactose; nenhuma necessitou terapia intensiva; a média de estadia foi 3,2 dias; nenhuma faleceu. A investigação causal realizou-se em 120 crianças (68%). Identificou-se um agente enteropatógeno potencial em matérias fecais de 61 pacientes (51%): rotavirus em 55, em um caso associado a Shigella, e adenovirus em 6. Em todos os casos aplicaram-se corretamente as regras de tratamento propostas. Conclusões: A população assistida no Centro Assistencial do Sindicato Médico do Uruguai tem caraterísticas clínicas diferentes à assistida no setor público. Rotavirus se associou a enfermidade diarreica aguda em uma elevada percentagem. O cumprimento das regras foi muito satisfatório.

Palabras clave : DIARRÉIA; ROTAVIRUS; SHIGELLA; ADENOVIRUS.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons