SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Características clínicas y epidemiológicas de pacientes con tuberculosis en el estado Carabobo, VenezuelaResponsabilidad ética de los médicos en Uruguay: resultados del primer sexenio de funcionamiento del Tribunal de Ética Médica índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Links relacionados

Compartir


Revista Médica del Uruguay

versión impresa ISSN 0303-3295versión On-line ISSN 1688-0390

Resumen

MAS, Mariana et al. Análise das reconsultas em um serviço de emergência pediátrica. Rev. Méd. Urug. [online]. 2019, vol.35, n.2, pp.58-75.  Epub 01-Jun-2019. ISSN 0303-3295.  http://dx.doi.org/10.29193/rmu.35.2.3.

As reconsultas constituem um indicador da qualidade do atendimento. Conhecer suas características permite planejar estratégias para melhoria contínua do cuidado.

Objetivo:

descrever as características de reconsultas dentro das 72 horas em um Serviço de Emergência Pediátrica (EP) em Janeiro, Abril, Julho e Outubro de 2017.

Metodologia:

estudo descritivo, retrospectivo, através da revisão de registros clínicos da EP de um provedor de saúde privada em Montevidéu. Variáveis: frequência, idade, sexo, momento, motivo da reconsulta e evolução.

Resultados:

no período analisado houve 8299 consultas e 476 reconsultas, sendo 54 excluídas por motivarem-se por patologias diferentes da primeira consulta. 422 foram incluídos, representando 5,1%. Mediana de idade 4 anos. Razões para reconsultas: sintomas persistentes 204 (48%), progressão da doença 73 (17%), controle 59 (14%), estudos pendentes 51 (12%), peoria 30 (7%), um outro diagnóstico 5 (1%). Após a segunda consulta, 88% receberam alta hospitalar e 11,5% foram hospitalizados. Nenhuma das crianças entrou na unidade de terapia intensiva ou morreu.

Conclusões:

neste serviço, a frequência de reconsultas é semelhante à relatada em outras séries. Analisando as razões da reconsulta, é necessário melhorar o manejo clínico, desenvolvendo estratégias de comunicação com pais e cuidadores e reforçando as consultas ambulatoriais e contrarreferência para o primeiro nível de atenção. É importante reiterar o estudo após a implementação de planos para melhorar o manejo clínico.

Palabras clave : Indicadores de qualidade em assistência à saúde; Readmissão do paciente; Medicina de Emergência Pediátrica; Reconsulta.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )