SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Características clínicas y epidemiológicas de pacientes con tuberculosis en el estado Carabobo, Venezuela índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Links relacionados

Compartir


Revista Médica del Uruguay

versión impresa ISSN 0303-3295versión On-line ISSN 1688-0390

Resumen

BRIOZZO, Leonel; TOMASSO, Giselle  y  COLISTRO, Valentina. Análise da via de parto nos diferentes setores assistenciais no Uruguai. Rev. Méd. Urug. [online]. 2019, vol.35, n.2, pp.4-31.  Epub 01-Jun-2019. ISSN 0303-3295.  http://dx.doi.org/10.29193/rmu.35.2.1.

Antecedentes:

o Ministério da Saúde do Uruguai (MS) definiu como um dos “Objetivos sanitários nacionais” a redução do número de cesáreas (CS) necessárias por considerar que este é um problema de saúde pública.

Objetivos:

analisar as taxas de CS por setor assistencial: público vs privado e geográfico: Montevideo vs Interior usando a classificação de Robson, como insumo para sua redução.

Material e métodos:

estudo descritivo transversal que classifica cada nascimento ocorrido no Uruguai em 2017, em um dos 10 grupos de Robson de acordo com o setor de assistência e o lugar onde aconteceu, informando tamanho relativo, taxa de CS e as contribuições absolutas e relativas de cada grupo à taxa global de CS.

Resultados:

a taxa de CS em 2017, foi de 44%. Os grupos que mais contribuíram para a taxa global de CS (70% das CSs realizadas no país) foram: as cesareadas previas, as cesáreas eletivas ou induções falidas em nulíparas e o grupo de nulíparas a termo com início espontâneo. Depois de ajustar pelas variáveis prognósticas, a probabilidade de terminar em CS no setor privado foi 18% maior que no setor público, sem diferenças nos resultados perinatais. As taxas de CS por grupos de Robson em Montevideo e no Interior foram similares.

Conclusões:

fomentar o parto vaginal depois de uma CS, evitar CS eletivas e induções desnecessárias e diminuir a quantidade de primeira CS, são las medidas propostas para reduzir as taxas de cesáreas desnecessárias. Pautas clínicas baseadas na melhor evidência científica que sistematizem estas intervenções ajudarão a implementar as mudanças propostas.

Palabras clave : Parto; Cesárea; Prevalência; Classificação de Robson, Serviços de saúde.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )