SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número1Eficacia del amnios en cobertura de heridas quirúrgicas índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista Médica del Uruguay

versión On-line ISSN 1688-0390

Resumen

GADOLA, Liliana et al. Impacto de la acidosis en la evolución de la cohorte de pacientes del Programa de Salud Renal del Uruguay. Rev. Méd. Urug. [online]. 2013, vol.29, n.1, pp.04-11. ISSN 1688-0390.

Resumo Objetivo: avaliar a frequência da acidose metabólica na doença renal crônica (DRC) e o impacto desta na evolução dessa patologia. Material e método: um estudo retrospectivo de pacientes do Programa de Saúde Renal do Uruguai no período outubro de 2004 a outubro de 2011, como dois controles separados por seis ou mais meses e com pelo menos um dado de bicarbonatemia foi realizado. Foram analisados: creatininemia, proteinuria, bicarbonatemia venosa e tratamento alcalinizante. Foram considerados como evento final a entrada a tratamento de substituição da função renal (diálise ou transplante) ou morte. A analise estatística foi realizada empregando teste de t, chi-quadrado, ANOVA, Kaplan-Meier e análise multivariado de Cox (significativo p < 0,05). Resultados: foram analisados 921 pacientes com pelo menos uma bicarbonatemia, dos quais 232 tinham dois ou mais resultados. A creatininemia foi maior nas nefropatias túbulo intersticiales e nos grupos com bicarbonatemia menor a 23 mEq/l (acidose) ou maior a 32 mEq/l comparado com o grupo intermediário. A bicarbonatemia foi menor nos estádios IV-V quando comparados com I-II de DRC. Nos estádios I-II a bicarbonatemia foi menor se havia proteinuria. No inicio 7,3 % receberam alcalinizantes e 31% ao final. No grupo com acidose, o aumento da creatininemia/ano (n=232) foi maior e a sobrevida (combinada) foi menor. Os níveis de bicarbonatemia, creatininemia e proteinuria estavam correlacionados de forma independente com o evento final combinado (ingresso a tratamento de substituição renal/ morte). Conclusões: a acidose metabólica pode ser observada desde estádios iniciais da DRC e é um fator independente de progressão e morte, por essa razão se recomenda sua detecção precoce e correção.

Palabras clave : ACIDOSIS; RENAL INSUFFICIENCY CHRONIC; EVALUATION; CLINICAL EVOLUTION.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons