SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número1Medicina genómica aplicada a la neumonía aguda comunitaria índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista Médica del Uruguay

versión On-line ISSN 1688-0390

Resumen

CONTI DIAZ, Ismael Alejandro. La termoterapia local como tratamiento de la esporotricosis cutánea: actualización de la experiencia acumulada a nivel internacional. Rev. Méd. Urug. [online]. 2011, vol.27, n.1, pp.50-55. ISSN 1688-0390.

Resumo A esporotricose é a micose profunda do ser humano com maior freqüência no Uruguai sendo tratada habitualmente com iodeto de potássio. No entanto a hipertermia local também é utilizada como está descrito em numerosos trabalhos internacionais. Os objetivos deste trabalho são: 1) rever as primeiras pesquisas científicas que descreveram o efeito da temperatura ambiental sobre a esporotricose experimental e sua conseqüência imediata - a utilização bem sucedida da termoterapia local em um caso humano no Uruguai em 1962; 2) rever a literatura sobre estudos clínicos posteriores sobre a utilização da termoterapia local no tratamento da esporotricose humana em outros países e os resultados obtidos utilizando diferentes esquemas terapêuticos; 3) analisar os principais mecanismos biológicos da ação da termoterapia local no processo de cura das lesões de acordo com os resultados obtidos em diferentes estudos. A principal conclusão é a aceitação mundial da eficácia e inocuidade da termoterapia local nesta doença cujas principais indicações são a intolerância aos iodetos e situações fisiológicas especiais como a gravidez, nas quais os iodetos estão especialmente contraindicados. O calor também esta indicado como tratamento complementar ao tratamento com iodetos quando estes são bem tolerados e o tratamento como itraconazol para reduzir o tempo necessário para a cura. De acordo com as pesquisas realizadas por diferentes autores até o momento, a cura pela termoterapia seria resultado de diferentes processos biológicos. Entre eles a inibição direta das células parasitarias de Sporothrix schenckii nos tecidos, a hiperleucocitose focalizada, uma ação maior e inespecífica da fagocitose e outros mecanismos de defesa do hospedeiro, e finalmente uma maior eficiência da morte intraleucocitaria de formas parasitarias devido à melhor utilização do I originado no sistema MPO-H2O2-I.

Palabras clave : SPOROTRICHOSIS [therapy]; HYPERTHERMIA, INDUCED.

        · resumen en Español | Inglés | Francés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons