SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Continúa descendiendo la mortalidad por asma en Uruguay. Período 1984-2008Silicosis en trabajadores de laboratorios dentales. Una ocupación de riesgo author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Médica del Uruguay

On-line version ISSN 1688-0390

Abstract

FEBLES, Gustavo et al. Localización de lesiones mamarias subclínicas con marcador metálico (arponaje): análisis de los márgenes quirúrgicos. Rev. Méd. Urug. [online]. 2010, vol.26, n.2, pp.84-91. ISSN 1688-0390.

Resumo Introdução: a resecção da lesão com margens sem tumor é o objetivo da cirurgia conservadora de câncer de mama. A presença de tumor na margem cirúrgica faz com que a taxa de reincidência seja mais alta. Objetivos: avaliar a experiência do Centro de Diagnóstico Mamário (CENDIMA) da Asociación Española Primera de Socorros Mutuos nas cirurgias conservadoras de câncer de mama guiadas por fio metálico. Faz-se o estudo da dimensão das margens cirúrgicas e analisam-se os fatores associados à obtenção de margens positivas. Material e método: faz-se uma análise de todos os casos de câncer de mama subclínico tratados com cirurgia conservadora guiada por fio metálico no período janeiro de 2007 a dezembro de 2009 (147 casos). Resultados: as margens foram positivas (em contato com a lesão ou com até 1 mm de dimensão) em 39 casos (26%) e negativos (com 22 mm ou mais de extensão) em 108 casos (74%). O tamanho médio da lesão era maior nos casos com margens positivas (15,6 mm contra 11,4 mm). Na população com margens positivas observou-se uma maior freqüência de um componente ductal in situ (82% contra 42%), e maior freqüência de microcalcificações nas imagens mamográficas (51% contra 14%). Em 42 casos (29%) fez-se uma reextirpação por margens insuficientes e em 21 destes casos havia tumor residual (50%). Conclusão: o perfil da lesão com maior probabilidade de ter margens cirúrgicas positivas depois de uma cirurgia guiada por fio metálico é: lesão com mais de 10 mm, com componente ductal in situ na histologia e com microcalcificações na imagenologia.

Keywords : BREAST NEOPLASMS [surgery]; BREAST NEOPLASMS [ pathology]; DIAGNOSTIC TECHNIQUES, SURGICAL.

        · abstract in English | Spanish | French     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License