SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número1Uso prolongado de espaciador en infección de cadera: nueva modalidad de tratamiento en dos tiempos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Links relacionados

Bookmark

Revista Médica del Uruguay

versão impressa ISSN 0303-3295

Resumo

LLAMBI, Laura et al. Conocimientos, creencias, prácticas y actitudes con respecto al consumo de tabaco de estudiantes de Medicina de primer año en Uruguay, 2009. Rev. Méd. Urug. [online]. 2012, vol.28, n.1, pp. 04-12. ISSN 0303-3295.

Resumo Introdução: a nova legislação de controle do tabaco no Uruguai e a obrigatoriedade dos serviços de saúde de incorporar o tratamento do tabagismo aumentaram a necessidade de formar os futuros médicos neste tema. Objetivos: determinar conhecimentos, crenças, práticas e atitudes relacionados ao tabagismo de estudantes do primeiro ano de Medicina e avaliar o impacto de uma intervenção educativa sobre os mesmos. Material e método: aplicou-se a pesquisa da Organização Mundial da Saúde a estudantes do primeiro ano de Medicina antes e depois de uma intervenção educativa. Esta intervenção incluía informação sobre tabagismo por tutores e uma discussão do tema entre os tutores e seus estudantes, utilizando a metodologia de aprendizagem baseada em problemas. Resultados: 28,1% eram tabagistas e 44,6% queriam deixar de fumar; 70,7% dos não tabagistas reconheciam a efetividade do conselho médico para a cessação enquanto 59,1% dos tabagistas o reconheciam (p = 0,006) e 79,75% dos não tabagistas e 64,8% dos tabagistas (p <0,001) destacavam o papel dos médicos como exemplo. Depois da intervenção educativa se observaram mudanças significativas com relação à necessidade de formação em cessação (p = 0, 039), o papel do aconselhamento (p = 0,026) e o conhecimento de que o aconselhamento aumenta a cessação (p = 0,001). Conclusões: ser estudante fumante afeta significativamente os conhecimentos e as crenças sobre tabagismo. A intervenção foi efetiva na modificação de conhecimentos, crenças e atitudes relacionadas com a efetividade de aconselhar e a necessidade de receber formação em cessação de tabagismo.

Palavras-chave : TABAQUISMO ESTUDIANTES DE MEDICINA.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · pdf em Espanhol