SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número4Accidentes en la infancia: prevalencia, características y morbilidad determinada por los accidentes en una población de UruguayEnfermedad de Von Willebrand adquirida en un linfoma linfoplasmocitario/Macroglobulinemia de Waldenström: reporte de caso índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista Médica del Uruguay

versión impresa ISSN 0303-3295

Resumen

COPPOLA, Francisco; DOMINGUEZ, Álvaro; OLIVERAS, Macarena  y  IBARRA, Teresa. Banco de tejido ovárico para jóvenes con cáncer de mama: informe preliminar de los primeros casos. Rev. Méd. Urug. [online]. 2010, vol.26, n.4, pp. 238-245. ISSN 0303-3295.

Resumo Introdução: o número de pacientes jovens com câncer de mama parece ser maior no Uruguai do que as médias internacionais. Muitas dessas jovens não têm filhos e atualmente o aconselhamento em reprodução é recomendado pelas sociedades científicas de referência. Desde 2005 funciona no Uruguai um programa de Preservação da Função Ovárica frente ao Câncer no Centro Hemato-Oncológico Pediátrico do Hospital Pereira Rossell que realiza aconselhamento e técnicas de criopreservação de tecido de ovário, destinadas a pacientes de todos os âmbitos e gratuitamente. Objetivos: o objetivo principal deste trabalho é apresentar os primeiros casos de câncer de mama em paciente jovens incluídas no protocolo de criopreservação de tecido de ovário. O objetivo secundário é difundir e incorporar à prática clínica a derivação das pacientes jovens, sem filhos, que recebam esse diagnóstico ao aconselhamento em reprodução. Material e método: de acordo com um protocolo aprovado previamente pela Faculdade de Medicina- UdelaR ingressaram ao programa as cinco primeiras pacientes jovens, sem filhos com diagnóstico de câncer de mama em fase inicial. A extração do tecido ovárico foi realizada por laparoscopia depois da cirurgia oncológica e antes do tratamento complementar. O tecido foi armazenado no Instituto Nacional de Doação e Transplantes de Células, Tecidos e Órgãos (INDYT). Resultados: cinco pacientes, com idades entre 26 e 35 anos, foram ingressadas ao protocolo no período maio de 2006 - janeiro de 2009. Uma das pacientes faleceu comprovando que o estadio da neoplasia era superior ao inicialmente considerado. As demais pacientes estão recebendo tratamento complementar com boa evolução e amenorréia; por essa razão ainda não foram realizados procedimentos de reimplantaçao. Discussão e conclusões: está disponível no Uruguai, de forma gratuita e universal, um procedimento experimental para preservar tecido ovárico íntegro. No entanto são poucas as derivações de pacientes com câncer de mama. O aconselhamento em reprodução e a derivação de pacientes são aspectos básicos e fundamentais.

Palabras llave : CRIOPRESERVACIÓN; OVARIO; NEOPLASIAS DE LA MAMA.

        · resumen en Español | Inglés | Francés     · texto en Español     · pdf en Español