SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número4Revascularización miocárdica biológica complementaria a la revascularización miocárdica quirúrgica convencional. Comunicación preliminar de estudio prospectivo de casos y controles, randomizado y doble ciegoGenotipo de los genes VKORC1 y CYP2C9 en la respuesta individual a la warfarina índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Links relacionados

Bookmark

Revista Médica del Uruguay

versão impressa ISSN 0303-3295

Resumo

PAOLILLO, Elbio et al. Grupos Relacionados por el Diagnóstico (GRD). Experiencia con IR-GRD en el Sanatorio Americano, sistema FEMI. Rev. Méd. Urug. [online]. 2008, vol.24, n.4, pp. 257-265. ISSN 0303-3295.

Resumo Introdução: a atenção de saúde nos centros assistenciais consome a maior parte dos recursos dos sistemas de saúde; a produção dos hospitais é uma informação fundamental para a gestão clínica e administrativa. A produção dos hospitais é chamada produto hospitalar. Os Grupos Diagnósticos Relacionados (GRD) são um dos sistemas de Classificação de Pacientes mais utilizados no mundo para medir o produto hospitalar. Os dados são obtidos da informação registrada nos prontuários de pacientes, abarcam vários sistemas e relacionam as características clínicas dos pacientes com o consumo de recursos. Objetivo: os objetivos deste artigo são descrever o processo de planejamento e implementação da aplicação de IR-GRD (Internacionales Refinados-GRD) no Sanatório Americano e comunicar os resultados obtidos com a utilização desta ferramenta. Material e método: foram incluídas todas as altas de pacientes atendidos no Sanatório Americano com convênios com Instituições de Assistência Médica do sistema FEMI (Federação Médica do Uruguai) e de outras instituições no período abril-setembro de 2007. Resultados: foram obtidos GRD de 1416 altas, que geraram 6872 dias/cama/ocupadas (DCO) nos diferentes tipos de atenção, com uma média de permanência de 4.85 dias. A análise dos GRD mostrou que é possível realizar mudanças na prestação de serviços que permitirão gerar benefícios a todos os participantes do processo de atenção: pacientes, instituição conveniada, e o prestador da assistência, neste caso o Sanatório Americano, melhorando a eficiência. Conclusões: as principais conclusões deste estudo são: é possível implementar o sistema de GRD no Uruguai; é uma ferramenta válida para a análise e re-planejamento do processo assistencial; fazer adaptações locais, com novo enfoque e bons resultados, é uma ferramenta viável e, que pode ser utilizada em outras instituições locais, tanto públicas como privadas.

Palavras-chave : GRUPOS RELACIONADOS POR EL DIAGNÓSTICO; CLASIFICACIÓN INTERNACIONAL DE ENFERMEDADES; EFICIENCIA ORGANIZACIONAL; HOSPITALES PRIVADOS; TIEMPO DE INTERNACIÓN.

        · resumo em Espanhol | Inglês | Francês     · texto em Espanhol     · pdf em Espanhol