SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número1Abordaje medio para cateterización central de la vena Yugular Interna.ANESTESIA INTRAVENOSA CON PROPOFOL-KETAMINA PARA CATETERISMO CARDIACO PEDIATRICO PREVIO AL TRASPLANTE CARDIACO índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Anestesia Analgesia Reanimación

versión impresa ISSN 0255-8122

Resumen

PASTORINO, Mauricio; BAPTISTA, William  y  ZUNINI ¹, Graciela. Oxigenación arterial en el paciente Gran Quemado sometido a ventilación mecánica con patrones "no protectivos" durante la anestesia general. Anest Analg Reanim [online]. 2004, vol.19, n.1, pp. 31-39. ISSN 0255-8122.

Resumo O presente, é um trabalho prospectivo cujo objetivo é quantificar as alterações do intercâmbio gasoso nestes pacientes durante a anestesia geral quando se utilizam padrões ventilatórios não protetores. Foram estudados 19 pacientes,11 dos quais cursavam com pneumonia do venti- lador ou apresentavam queimadura da via aérea, agendados para balneoterapia ou cirurgia de escarectomia-enxerto. Se aplicou um padrão ventilatório com um volume corrente (VC) 10ml Kg-1, freqüência respiratória que foi ajustada para manter a normocapnia e fração inspi- rada de O2 (FIO2) de1,0. Não se utilizou pausa inspiratória nem PEEP. Foram analisados os índices de oxigenação arterial Parterial(a)de O2/FIO2,PaO2/ Palveolar(A)O2 e Diferença(D)Aa de O2. A amostra foi dividida em dois grupos segundo a presensa ou não de injúria pulmonar (grupos A e B ) respectivamente. Foram encontradas diferenças significativas com os valores basais aos 30 min da indução anestésica no grupo B para a DAa O2 e não para o Pa O2/FI O2 e o Pa O2/PA O2,visto que no grupo A,a caída dos 3 índices foi significativa (p<0,05). Estes resultados poderiam ser explicados pela utilização de VC elevados,assim como pêla geração de PEEP intrinsica, os quais poderiam aumentar a capacidade residual funcional por efeito do reclutamento alveolar. Concluímos que a estratégia de ventilação mecânica tradicional utilizada durante a anestesia geral em pacientes queimados graves que apresentavam injúria pulmonar, evidenciou uma deterioração dos índices de oxigenação aos 30 min, o que traduziria um aumento do shunt intrapulmonar e das alterações de ventilação/perfusão.

Palabras llave : Grande Queimado; Ventilação Mecânica; Anestesia Geral; Alterações da Oxigenação Sanguínea.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español